Palmas

Foto: Divulgação Segundo Oliveira é muito clara a omissão e o desrespeito da Prefeitura com os servidores Segundo Oliveira é muito clara a omissão e o desrespeito da Prefeitura com os servidores

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palmas – (Sisemp), Carlos Augusto de Oliveira, protocolou na tarde desta terça-feira, dia 5, um ofício junto à Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão - Seplag.

O documento questiona mais uma vez o fato de a administração insistir em manter percentuais salariais diferenciados para os servidores municipais, além de reforçar a legitimidade e registrar a obrigatoriedade de participação do sindicato nos debates, reuniões e negociações coletivas de trabalho realizadas pela Secretaria em questão.

Carlos Augusto apresentou ainda uma tabela propondo vencimentos para servidores de todos os níveis de escolaridade das áreas de saúde, educação e Quadro Geral, fazendo ressalvas apenas aos servidores que já recebem vencimentos com valores superiores aos apresentados na tabela.

O presidente do Sisemp declarou que a administração precisa incluir o sindicato nas negociações salariais dos servidores. “Estas negociações paralelas realizadas pela gestão sem a participação dos sindicatos acarretam sérios prejuízos aos servidores municipais, o que está acontecendo é que a administração está concedendo benefícios aos servidores separados por categoria, e o que nós queremos é que sejam estabelecidos percentuais iguais para todos,independente da categoria que pertença, por isso nós apresentamos esta tabela, pois acreditamos que os servidores devem ser tratados de forma igualitária”, afirmou Oliveira.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sisemp