Geral

Foto: Divulgação

O procurador geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira realizou na manhã desta terça-feira 12, uma vistoria nas obras do Centro Penal de Palmas. A visita às instalações foi acompanhada pelo secretário estadual de Segurança, Justiça e Cidadania, João Costa Ribeiro Filho e o subscretário Djalma Leandro.

Na ocasião, o PGJ conheceu o projeto de implantação do estabelecimento destinado à colônia industrial que vai abrigar, inicialmente, 76 detentos com direito ao regime semiaberto. A estrutura vai contar com 12 quartos, lavanderia, cozinha, banheiros, área administrativa, além de espaços para profissionalização dos detentos.

De acordo com o procurador, a proposta da colônia é dar o mínimo de dignidade aos presidiários, além de reinserí-los no mercado de trabalho. O procurador destacou também, que vai verificar de perto os projetos da Secretaria de Segurança que tenham como objetivo a melhoria das Casas de Prisão no Tocantins. “Temos um compromisso em conjunto para solucionar os problemas que afetam o Sistema Carcerário no Estado. O Ministério Público Estadual vai acompanhar cada ação da Secretaria de Segurança”, concluiu Clenan Renaut.

Reforma

Atualmente 10 detentos trabalham na reforma do galpão que irá alojar os demais presos. Conforme o secretário João Costa esses já estão autorizados pelo juiz a dormirem no local, o que deve acontecer no próximos dias.

Ainda segundo o Secretário o projeto da colônia industrial prevê a implantação de fábrica de pães, de móveis e de bolas, oficina de motocicletas e hospital de brinquedos.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ MPE