Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Com a intenção de fortalecer a conservação da biodiversidade no Estado, o presidente do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, Alexandre Tadeu, tem estabelecido parcerias com instituições focadas em ações de preservação ambiental. Em uma dessas ações está a parceria para o desenvolvimento do projeto Corredor Ecológico do Jalapão. Em continuidade às demandas relacionadas ao projeto, o instituto participa entre os dias 17 e 18 de um curso de capacitação, ministrado pela Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA, sigla em inglês), na sede da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – Semades.

A temática do treinamento está baseada no projeto Web-Gis, um sistema de banco de dados geográficos, que permite a gestão de recursos naturais, possibilitando ao usuário consulta de informações georeferenciadas de modo interativo. Entre as explanações estão as vantagens de utilização e as funções básicas da ferramenta, assim como os procedimentos para sua manipulação.

O analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMbio, Mariusz Szmuchrowski, explica que a capacitação faz parte de uma das ações do projeto que busca a formação de um banco de dados e ainda manter uma proximidade das relações entre os órgãos governamentais e instituições parceiras envolvidas com o meio ambiente.

Szmuchrowski esclarece ainda que o Corredor do Ecológico do Jalapão é um projeto que visa uma conectividade entre as cinco Unidades de Conservação da região do Jalapão. “O objetivo é identificar as possíveis áreas prioritárias e com isso manter uma conexão ecológica, e evitar o isolamento entre as Unidades de Conservação do Parque Nacional Nascentes do Rio Parnaíba, a Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins, a Área de Proteção Ambiental Serra da Tabatinga, o Parque Estadual do Jalapão e a Área de Proteção Ambiental do Jalapão”, pontua o analista ambiental, ressaltando ainda que “a intenção é manter uma gestão integrada e garantir a preservação da riqueza da biodiversidade dessa região”, conclui.

Projeto Corredor Ecológico

O projeto Corredor Ecológico faz parte de uma iniciativa do ICMBio, em cooperação técnica com o Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, JICA, e Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – Semades.

Dentre seus objetivos, o projeto, que está no segundo ano de execução, pretende promover atividades para conservação de ecossistemas e incentivar o desenvolvimento de práticas alternativas econômicas sustentáveis junto às comunidades da região. A durabilidade do projeto é de três anos.

Fonte: Ascom Naturatins