Esporte

Foto: Arquivo/Fecomércio

Na manhã desta quarta-feira os organizadores do Dia do Desafio no município de Colinas do Tocantins já contabilizaram a participação de 4.615 pessoas, 14,97% da expectativa de participantes.

O Dia do Desafio visa estimular o maior número de pessoas a realizar pelo menos 15 minutos de atividades físicas. A cidade de Colinas do Tocantins concorre este ano com o município de Valdez localizado no Estado de Sucre, na Venezuela.

Por toda cidade, as pessoas estão fazendo atividade física. Nos bancos, hospital, escolas, postos de saúde o que se vê é a adesao popular. Um grande baile foi realizado no Centro de Convivência dos Idosos e os pequenos da Escola Municipal Pedro Ludovico fizeram uma caminhada com fitas brancas na cabeça e balões lembrando que é preciso combater a violência.

Exploração Sexual

Em conjunto com o Dia do Desafio, a cidade de Colinas está vestindo branco em prol do combate a violência e exploração sexual. Balões brancos, uma fita no braço, uma peça da roupa branca indicam que o cidadão colinense quer paz.

A campanha de combate a violência e exploração sexual está sendo realizada pela Prefeitura de Colinas do Tocantins através da Secretaria Municipal de Assistência Social sendo uma promoção do Centro de Referência Especializado em Assistência Social – CREAS, Projovem Adolescente e Centro de Referência em Assistência Social – CRAS com o apoio da Fecomércio e do SESC.

Para o prefeito de Colinas, José Santana Neto, a mobilização no Dia do Desafio é um momento oportuno para sensibilizar a população sobre a gravidade da violência e exploração sexual, uma vez que este é um problema que precisa ser visto como uma atitude crimosa e que seu enfrentamento deve ser feito por todos. "Precisamos agir com responsabilidade social", explica o prefeito.

De acordo com o presidente da Fecomércio, Hugo de Carvalho, "para se ter qualidade de vida é necessário que haja tranquilidade no meio social, e isso só acontece quando há não abuso, violência ou qualquer outro tipo de exploração sexual. A Fecomércio e o SESC apoiam e também são engajados nessa luta",comenta o presidente.

As 17 horas acontece a 1º Maratona de Combate a Violência e Exploracao Sexual saindo da Avenida Tenente Siqueira Campos com a Rua 3.