Educação

Foto: Divulgação/Seduc Secretário Danilo de Melo Secretário Danilo de Melo

Segundo a Secretaria Estadual da Educação, 60% dos recursos da Literária Internacional do Tocantins- Flit são voltados para as apresentações culturais artistas regionais.

“Antes a maior parte dos recursos ficavam com as atrações de fora, é importante que um gestor tenha esse olhar de valorizar os artistas da terra”, disse a atriz Sabrina Fitipalde, ao ouvir do secretário de educação Danilo de Melo que cerca de 1,2 milhões de reais, ficarão no Tocantins para o pagamento de cachês, aos artistas que movimentam durante todo o ano a cultura do Estado. Na edição anterior este valor não superou a casa dos 200 milhões de reais.

“Optamos por deixar de fora da programação os grandes cachês, e investir mais em personalidades que fomentem as discussões a cerca da literatura, cultura, e arte. Também neste sentido, observados que não há razão, que a maior parte dos recursos investidos fosse destinado aos artistas de fora”, argumentou Danilo de Melo.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Seduc