Cultura

Foto: Divulgação

Um dos momentos mais concorridos no Café Literário nessa quinta-feira, 28, foi o lançamento do livro “Cultura Quilombola na Lagoa da Pedra”, do jornalista Wolfgang Teske, que retrata a cultura, o dia-a-dia da Comunidade Quilombola de Lagoa da Pedra, localizada em Arraias.

Entre os convidados estavam a senhora Onísia Evangelista Araújo, de Arraias, o senhor Floriano Madruga, da Editora do Senado, lideranças da Comunidade Lagoa da Pedra, escritores, jornalistas e professores.

Teske falou de sua pesquisa na comunidade, como fruto do mestrado “Ciência do Meio Ambiente”, realizado pela Universidade Federal do Tocantins. Um dos líderes de Lagoa de Pedra, Ruimar Farias, frisou que a comunidade está vivendo novos tempos, é como tirar as vendas dos olhos e enxergar novos horizontes, ele já representou a comunidade em conferências em Brasília e teve a oportunidade de discursar até para ministros. Ruimar contou que o livro é importante para que os mais jovens conheçam a cultura vivenciada pelos mais velhos, estes já não estavam mais contando suas histórias.

Teske falou que quando chegou na comunidade, não encontrou fotos, nem dos avós, pais ou das crianças, era uma comunidade que não estava registrando a sua própria história. “As tradições estavam sendo passadas através da oralidade, por isso, foi importante a produção dos livros”. Este é o segundo livro escrito pelo jornalista Teske sobre a comunidade, o primeiro retratou a dança de São Gonçalo. (Ascom Seduc)