Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) afirmou ao Conexão Tocantins que começará ainda este mês articulações em prol da pré-candidatura do deputado estadual e colega de partido, Eli Borges (PMDB).

“Meu candidato é o Eli mas depende do trabalho dele”, ponderou. O peemedebista salientou que o grupo de oposição na capital está articulado e tem bons nomes para fazer a sucessão ao petista Raul Filho. Do grupo, Gaguim elogiou ainda o nome do empresário Carlos Amastha que se filiará no PP. “O Amastha é um bom nome, com chances”, completou.

Preparação para o Senado

Gaguim frisou que mantém ligações com vários líderes municipais. “Meu trabalho é para conseguir o Senado e já estou pedindo apoio aos companheiros”, ponderou.

O peemedebista questionou alguns aspectos do atual governo, que segundo ele, não está conseguindo cumprir o que foi elencado na campanha. “Cadê as indústrias que até agora não vieram para o Estado? Ele (governador Siqueira Campos) ainda não entregou nenhuma casa popular até agora, as casas que estão aí foram as que eu deixei dinheiro para fazer”, justificou.

Gaguim frisou que espera o atual governo completar um ano para analisar as ações e comparar com seu mandato tampão. “Os carros oficiais por exemplo, secretário no meu governo andava com o carro deles e atualmente o governo tem alugado mais de 200 carros. No meu governo não teve essa despesa”, frisou.