Campo

Foto: Divulgação

Cerca de 200 famílias do Movimento dos Sem Terra e do MAB no Tocantins começaram uma ocupação na fazenda Santa Rita a 30 KM de Palmas na madrugada desta segunda feira, 17. O proprietário da fazenda é Alcides Rebeschini.

Segundo afirmam integrantes do movimento o proprietário não tem a documentação de área. São mais de mil hectares da terra. Na versão dos líderes a terra é pública e inclusive o proprietário não justificou ao Incra a ausência de documentação.

Outro argumento para a ocupação é o fato da fazenda esta a mais de 10 anos abandonada se nem uma tipo de produção.

A ocupação será pacífica e não tem intenção de causar destruição no local, segundo integrantes do movimento informaram ao Conexão Tocantins.“Nós queremos a terra para o povo produzir e essa terra pública tem que estar a serviço dos trabalhadores”, salientou um dos organizadores.Antônio Marcos é o coordenador do MST no Estado.

A manifestação faz parte da luta pela terra já que as familias sem terra precisam trabalhar para tirar o seu alimento.