Estado

Foto: Lia Mara Eduardo submeteu-se a exames clínicos em Brasília e São Paulo Eduardo submeteu-se a exames clínicos em Brasília e São Paulo

O secretário estadual de Planejamento Modernização e Gestão do Tocantins, Eduardo Siqueira Campos (PSDB), se afastará do cargo pelo período de 10 dias. O afastamento se dá para que o secretário possa realizar um amplo check-up com cardiologistas e neurologistas, atendendo a recomendação dos médicos.

Segundo nota da Secretária de Planejamento o secretário submeteu-se a exames clínicos em Brasília e São Paulo depois que foi acometido de crises de hipertensão. “Senador Eduardo Siqueira Campos, recebeu a recomendação de aprofundar os exames e adotar outras medidas que visam prevenir novas arritmias cardíacas, com picos de pressão alta e dores de cabeça”, informa a nota.

Conforme a nota as atividades da Seplam contarão com apoio, na área legislativa, do subsecretário Nelson Torezani, do secretário de Relações Institucionais, professor Lívio William Reis de Carvalho, para temas como a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e demais poderes, e dos subsecretários Francisco Martins de Araújo e Vanda Paiva, para a rotina e procedimentos internos da pasta. Confira abaixo a nota na íntegra.

NOTA

Acometido de crises de hipertensão e após ter sido submetido a exames médicos em Brasília e em São Paulo, o secretário do Planejamento e da Modernização da Gestão Pública do Tocantins, senador Eduardo Siqueira Campos, recebeu a recomendação de aprofundar os exames e adotar outras medidas que visam prevenir novas arritmias cardíacas, com picos de pressão alta e dores de cabeça.

Para realizar um amplo check-up com cardiologistas e neurologistas e, atendendo a recomendação dos médicos, o secretário Eduardo Siqueira Campos decidiu pedir licença do cargo pelo período de dez dias até que seu quadro de saúde se normalize. Tanto na condição de filho como secretário de Estado de seu governo, Eduardo Siqueira Campos comunicou o fato ao governador José Wilson Siqueira Campos, recebendo dele todo apoio para que dê prioridade, neste momento, aos exames e a sua saúde. E informa que seguirá a orientação médica com objetivo de não ver agravada a situação encontrada nos exames preliminares.

Diante disso, as atividades da Seplam contarão com apoio, na área legislativa, do subsecretário Nelson Torezani, do secretário de Relações Institucionais, professor Lívio William Reis de Carvalho, para temas como a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e demais poderes, e dos subsecretários Francisco Martins de Araújo e Vanda Paiva, para a rotina e procedimentos internos da pasta.

No entendimento dos médicos, no período da licença, o secretário Eduardo Siqueira Campos deverá se dedicar aos exames e, por isso, dificilmente poderá participar de reuniões e outras atividades de trabalho e até mesmo da inauguração da ponte dos Imigrantes Nordestinos Padre Cícero José de Souza, que liga os municípios de Lajeado e Miracema, na próxima sexta-feira, 21, o que, particularmente, o fez lamentar profundamente.

O secretário Eduardo Siqueira Campos afirma contar com a compreensão e apoio dos demais membros do governo neste momento. E diz esperar retornar em breve para dar continuidade ao seu trabalho, ao lado do governador Siqueira Campos e demais companheiros, onde seguirá enfrentando os desafios do Estado e responsabilidades que o cargo lhe confere.

O secretário Eduardo Siqueira Campos faz questão ainda de agradecer a todos os amigos e companheiros pelo apoio e, principalmente, a compreensão em virtude da necessidade de se dedicar aos exames que vão aprofundar o diagnóstico relacionado aos problemas de pressão arterial.

Assessoria de Comunicação
Seplam – TO