Geral

Foto: Divulgação

Foi construída em 15 dias uma casa sustentável que possui 44 metros quadrados. A base é feita de concreto leve, uma tecnologia que utiliza isopor reciclável. O projeto inovador tem o apoio do Inova Tocantins executado pelo governo do Estado por meio da Secretaria Estadual da Ciência e Tecnologia e o Sebrae Tocantins.

José Almi Pereira é catador há cinco anos e faz parte da Associação de Reciclagem de Palmas. Durante a visita ao Amazontech ele explicou que as pessoas não colaboram com o seu trabalho de separar o lixo. “Nós ajudamos a limpar o meio ambiente, chegamos às casas e orientamos as pessoas, mas eles acabam misturando alimentos com os materiais reciclados e isso dificulta o nosso trabalho”, relatou seu José.

E o que muita gente não sabe é que o lixo pode ser transformado em construção por exemplo. Prova disso, é a empresa Eletro Rural que está no Amazontech. Ela desenvolveu uma estrutura de Painel Modular de Fechamento Pré-Moldado em concreto leve, uma tecnologia que utiliza isopor triturado no processo de industrialização dessas estruturas.

“O isopor é matéria-prima na nossa indústria e por isso temos parceria com a Associação de Catadores para fornecimento de isopor. Esse é o grande diferencial do nosso projeto, pois substituímos em 100% a utilização da brita pelo isopor reciclável triturado”, informa o economista Harry Hamming, coordenador do projeto de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação da empresa Eletro Rural, sediada em Porto Nacional.

A empresa garante que a estrutura funciona com a mesma sustentabilidade e gera uma economia de 10% e um ganho de 50% em relação ao prazo de construção que pode chegar até 48 horas.

De acordo com Harry, o edital Inova Tocantins, resultado da parceria entre Sebrae-TO, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e o Governo do Estado por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia possibilitou que o produto fosse testado. O programa oferece financiamento para projetos de inovação com taxas baixas.

No Amazontech os visitantes poderão conhecer de perto a Casa Sustentável construída com concreto leve. A casa possui 44 metros quadrados e foi construída em 15 dias. A previsão é que em janeiro de 2012 a Eletro Rural tenha instalações em Palmas. (Ascom C&T)