Campo

Foto: Juliano Ribeiro

O Tocantins ganhará novas ferramentas para o desenvolvimento do setor agropecuário. A Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro), e o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística reuniram se na tarde desta terça-feira, 1º, para firmarem um termo de cooperação técnica, com a intenção de criar um banco de dados para o setor agropecuário. O Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural e a Adapec – Agência de Defesa Agropecuária, presentes no encontro, também serão parceiros e contribuirão na coleta de dados.

Para o secretário Executivo da Seagro, Ruiter Pádua, essa iniciativa de criar um banco de dados no Tocantins é relevante. A intenção é integrar os dados oficiais do IBGE e do Estado sobre a pecuária e agricultura tocantinense. “A ideia é que juntos possamos coletar o máximo de informações para disponibilizar aos interessados. Com isso poderemos mostrar o potencial agropecuário do Estado”, projetou Padua.

Padua explicou, ainda, que o banco de dados servirá para mostrar, entre outras informações: o período de plantio, colheita, área plantada, e perspectivas de plantio das propriedade rurais do Estado.

Segundo o chefe do IBGE no Tocantins, Francisco Soares Ferreira, essas informações servirão, também, para que os governos federal e estadual, produtores e investidores definam ações para o desenvolvimento do setor agropecuário. “A finalidade é disponibilizar as informações mais próximas da realidade, servindo de base para os investimentos futuros”, destacou. (Secom)