Educação

Os Ministérios da Educação (MEC) e da Ciência e Tecnologia (MCT) aprovaram o recredenciamento da Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins – FAPTO, como fundação de apoio à Universidade Federal do Tocantins (UFT) para o biênio 2011/2013. A aprovação do registro e credenciamento foi publicada no Diário Oficial da União pela Portaria Conjunta Nº 31, de 28 de outubro de 2011.

A análise das entidades de apoio às universidades foi feita por um Grupo de Apoio Técnico (GAT) composto por representantes dos dois ministérios. Conforme atestam, o recredenciamento é conseqüência de um trabalho sólido desenvolvido pela fundação, que cumpre com eficiência as atribuições estatutárias e apóia o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão da UFT para atender a demanda crescente de projetos apresentados aos órgãos de fomento e empresas públicas e privadas.

Atuação da FAPTO

Nestes sete anos de existência, a FAPTO já gerenciou mais de 300 projetos e atua em todo o estado do Tocantins. Somente no ano passado foram 60 projetos de pesquisa, 29 de extensão e 16 de prestação de serviços. Assim, a Fundação expandiu sua atuação com a gerência de projetos de abrangência nacional, como: Pesquisa Nacional “Custo Aluno” e o curso de Pós-Graduação em “Gestão Pública e Sociedade”.

A FAPTO presta serviços, dentre eles: Elaboração e gestão de projetos de pesquisa, captação de recursos, cursos de especialização profissional, realização de concursos em parceria com a Copese, Importação direta de equipamentos para pesquisa via CNPq, gestão de cursos de especialização, desenvolvimento institucional referente à construção e implementação de laboratórios de pesquisas e apoio a eventos científicos e culturais. (Ascom Fapto)