Esporte

Foto: Lucilene Amaral

Na manha deste sábado, 10, em comemoração o dia do Marinheiro, vinte estudantes da rede municipal de Palmas, que fazem parte do projeto “A Força do Esporte”, participaram da Regata dia do Marinheiro.

O Projeto Força no Esporte foi criado pelo Ministério da Defesa, em parceria com o Ministério dos Esportes, em 2003, com a finalidade de elevar o nível de vida de crianças e adolescentes carentes, promovendo a inclusão social por meio da prática de esportes.

A Capitania Fluvial Araguaia - Tocantins é o órgão executor, preocupada em proporcionar qualidade de vida, realizar para 80 crianças e adolescestes de 09 a 16 anos, da rede municipal de ensino de Palmas, atividades e programas de conscientização e inclusão social, durante três vezes por semana das 07h às 11h30min, além da pratica náutica, os alunos tem aulas de reforço escolar, aquisição de valores éticos, prevenção de doenças, promoção de saúde, atividades físicas, esportivas, culturais como um processo social de desenvolvimento da cidadania.

Os vencedores

Apesar do 2º lugar, a aluna Nayara de Cássia Amaral, 13 anos, da escola municipal Antonio Gonçalves de Carvalho Filho, da 1103 sul, demonstrou muito equilíbrio e determinação na competição, “Teve um momento que pensei que não ia chegar, quando eu estava em 5º lugar, lembrei da minha mãe e do meu irmão Felipe, pedi força a Deus e acabei chegando em 2º lugar” declarou Nayara. A aluna Ingrid da Silva, 12 anos, da escola municipal Antônio Carlos Jobim, foi à campeã da regata, Nayara Amaral ficou com o 2º lugar e Ozair Setúbal, 13 anos, chegou em 3º lugar.

A competição

Localizada à margem do lago de Palmas, próximo à praia do Prata, vinte alunos participaram da competição, o percurso foi de 15 km e durou uma hora. “As crianças são capazes de efetuar uma pequena velejada com apenas quatro horas de aula”, afirma o professor Luiz. Os velejadores tiveram que mostrar suas habilidades para prosseguir na competição e completar o percurso, o vento estava muito forte favorável para realização da competição.

A embarcação

Optimist é um veleiro, um pequeno barco monotipo de bolina, podendo ser de madeira ou material plástico. O Optimist é recomendado para crianças de 7 a 15 anos, com no máximo 60 kg. Foi concebido por Clark Mills em 1947, implicou o comandante, o capitão de Fragata, Paulo Cesar Potiguara de Lima, comandante da Capitania Fluvial Araguaia/Tocantins.

Presenças

Representando o governador Siqueira Campos, o vice-governador João Oliveira, o capitão de Fragata, Paulo Cesar Potiguara de Lima, comandante da Capitania Fluvial Araguaia/Tocantins, o presidente da Soamar, Paulo César Gonçalves, o empresário Carlos Amasta. O evento contou também com a presença dos pais de alunos, professores, convidados, titulares e representantes de Organizações Militar. Na ocasião, o Comandante entregou as autoridades e outros representantes da sociedade tocantinense, o diploma da Ordem do ARAGUAIA-TOCANTINS, medalhas, troféu e certificados. O secretário estadual da Infraestrutura Alexandre Ubaldo foi agraciado com o diploma, a título de colaboração com as atividades da Capitania. O secretário da Comunicação Social do Tocantins Arrhenius Naves também compareceu ao evento. (Colaborou Rogério Ribeiro)