Campo

Foto: Juliano Ribeiro

Técnicos da Seagro – Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Agrário, se reuniram com representantes da Saneatins – Empresa de Saneamento do Tocantins, na tarde desta última terça-feira, 24, para estudar a implantação do projeto ‘Energias Limpas nas Escolas Públicas’. O projeto que será coordenado pela Subsecretaria de Energias Limpas está previsto para iniciar no segundo semestre de 2012.

A proposta inovadora, que deve ser realizada em parceria com a Saneatins, garantirá mais conhecimento teórico e prático nas salas de aulas. A expectativa é atender 20 mil alunos em todo Estado, do 6º ao 9º ano. Inicialmente, o projeto prevê capacitar 300 professores multiplicadores, em 42 escolas. A idéia é propor oportunidades de ensino didático, aliado ao uso sustentável utilizando as energias solar térmica, eólica, hídrica e biocombustível, além da reciclagem de materiais danosos a natureza.

Para a idealizadora do projeto e gestora ambiental da Seagro, Chryss Ferreira Macêdo, o objetivo é mostrar e envolver os alunos no tema. “É um projeto que visa dar oportunidade aos alunos em adquirir conhecimentos de forma lúdica, propondo novas perspectivas no uso de energias renováveis”, observou.
Aquecedor solar

Além de outros projetos, a iniciativa conta com a implantação de aquecedor solar, ecológico e didático que servirá de apoio nas aulas para instrução dos alunos. “O interessante é que este aquecedor vai dispor de diversas atividades voltadas para a educação multidisciplinar como: aulas de física, termodinâmica, química e geografia. E ainda o português como reforço nas aulas de redações focando temas relacionados ao meio ambiente”, lembrou a gestora ambiental, Chryss Macêdo.

Para colocar o projeto em funcionamento ainda devem ser firmadas outras parcerias com diversos órgãos e entidades, dentre eles as Secretarias Estadual e Municipal de Educação, assim como Sebrae. (Ascom Seagro)