Educação

Foto: Divulgação Seduc informa que diretor acusado de abuso foi afastado Seduc informa que diretor acusado de abuso foi afastado

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que o diretor do Colégio Estadual de Buriti do Tocantins, Itamar Martins foi afastado do cargo. Uma sindicância deve ser aberta para apurar a acusação de abuso sexual de uma aluna de 16 anos feita por parte da mãe ao Conselho Tutelar.

A menor deve ser ouvida nesta sexta-feira, 03, sobre o caso que está sendo acompanhado pelo Ministério Público Estadual e pelo Conselho Tutelar. A informação do Conselho ao Conexão Tocantins é que a menor está muito abalada com o acontecido. Na cidade, vários moradores relatam indignação com o caso.

O diretor, que negou o ato em entrevista ao Conexão Tocantins, foi afastado do cargo. Outros dois casos anteriores a esse já teriam acontecido no município, segundo a mãe da menos, Domingas Almeida que revelou ao site Conexão Tocantins que espera que com essa repercussão o ex-diretor pare de assediar menores na cidade.

Um funcionário deve assumir em caráter interino a direção da escola até uma nova nomeação. O ex-diretor disse acreditar que a família da menor quer prejudicá-lo com a denúncia e negou veemente ter forçado a menina ao ato sexual.

Entenda o Caso

O ex-diretor, que também é pré-candidato a vereador no município, disse a mãe da menor no ato da renovação da matrícula que a aluna precisava providenciar uns documentos. Itamar então se propôs a levar a menor para o município vizinho de Araguatins para providenciar o documento de identidade.

Ele pegou a menor em sua residência e segundo conta a menina ao invés de ir para Araguatins ele a levou para um motel e realizou o ato de abuso sexual. A menor chegou em casa e confessou à mãe o ato do ex-diretor depois de apresentar forte sangramento.

A menina alega que não foi forçada no entanto a mãe e o Conselho Tutelar defendem que ela foi coagida pelo ex-diretor que desde dezembro já vinha a aliciando através de ligações, segundo revelou a mãe ao Conexão Tocantins. A menor ainda não começou a freqüentar o Colégio onde vai cursar o 3º ano.