Economia

Foto: Divulgação

O presidente do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, Alexandre Tadeu recebeu em audiência, na tarde desta quinta-feira, 15, os diretores e técnicos da Braxcel, Companhia Brasileira de Celulose. Na reunião, os empreendedores protocolaram requerimento acompanhado dos respectivos estudos ambientais EIA/RIMA, para instalação de uma unidade industrial destinada à produção de celulose no município de Peixe. O encontro aconteceu na sede do órgão, em Palmas.

Segundo representantes da empresa, a implantação da unidade industrial demandará investimentos na ordem de aproximadamente R$ 4 bilhões, com perspectiva de geração mais de quatro mil postos de trabalhos durante a fase construtiva, e cerca de 600 empregos diretos quando estiver em operação. Além da geração de empregos, o empreendimento prevê também cerca de180 mil hectares de plantio de madeira reflorestada.

O presidente da instituição, Alexandre Tadeu, considera o empreendimento de significativa importância para o desenvolvimento econômico do Tocantins e destaca que a instalação se dará observando, criteriosamente os aspectos ambientais, sobretudo, os impactos relacionados aos meios físico, biótico e socioeconômico.

A empresa

A Braxcel celulose S.A é uma empresa do grupo GMR, que atua na em diversos setores como construção civil, geração de energia, na área florestal e celulose. Instalada em Palmas, a empresa atua nos estados de São Paulo e Tocantins. (Ascom Naturatins)