Polí­tica

Foto: Divulgação

Em Arraias, cidade do Sudeste do Tocantins, a disputa eleitoral já acalora os ânimos dos partidos e principalmente de alguns pré-candidatos que já se mobilizam politicamente. O atual gestor do município, Wagner Gentil (DEM) comentando sobre o assunto ao Conexão Tocantins nesta sexta-feira, 23, afirmou que neste momento está focado no trabalho e nas metas para a cidade.

“Minha preocupação agora é o trabalho, a eleição ainda vai ser definida em junho”, argumentou. No entanto, Gentil admite que sua disputa pela reeleição ocorrerá naturalmente e no momento certo.

O gestor afirmou que a cidade está com várias obras em andamento dentre elas duas escolas e uma creche além da ampliação da unidade escolar da comunidade quilombola Lagoa da Pedra. Vários setores estão sendo asfaltados e os PSFs serão reformados, conforme citou o prefeito. Uma das principais obras é a construção da Praça da Juventude que como explicou o prefeito será o cartão postal da cidade.

Todas as obras em andamento serão entregues ainda este ano, segundo estima a administração. A gestão de Gentil vem sendo alvo de algumas críticas principalmente por alguns pré-candidatos como a presidente da Ong Viva Arraias, Vera Carrico do PSDB. Ao Conexão Tocantins Vera disse que a cidade está abandonada.

O prefeito rebateu as críticas da pré-candidata. “Essas pessoas que falam isso não conhecem a cidade. Arraias nunca esteve em ritmo de trabalho como está agora”, respondeu. Na visão do prefeito alguns adversários estão tentando criar fato político. O gestor é parceiro do governo estadual e disse estar recebendo todo apoio necessário para as obras e investimentos em Arraias. “Na hora certa, no momento certo vamos revelar os planos políticos, agora é trabalho”, reafirmou.

Outro nome que pretende disputar em Arraias é o ex-deputado estadual Cacildo Vasconcelos (PP) que disse ao Conexão Tocantins ter sido procurado por vários aliados e lideranças para concorrer no pleito. Tanto Cacildo como Vera não apoiaram Siqueira nas eleições de 2010, segundo o prefeito.