Campo

Foto: Divulgação

Para fortalecer a produção e melhorar a competitividade do leite tocantinense, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário e suas vinculadas, Adapec e Ruraltins, juntamente com o Sebrae Tocantins realizam o III Seminário Estadual do Leite e o I Encontro de Técnicos e Produtores do Projeto Balde Cheio. O evento será no próximo dia 13 de abril, no ginásio de Esportes de Colméia, cidade localizada a 215 km de Palmas, Noroeste do Estado.

No encontro serão discutidos temas como: legislação, qualidade, manejo de pastagens, situação e perspectivas do projeto Balde Cheio no Estado e apresentação do caso de sucesso em cooperativismo e associativismo em produção, no estado de Goiás. Também serão repassadas cartilhas sobre a Instrução Normativa nº 51 do Mapa – Ministério da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento e cartilhas sobre o kit Embrapa de Ordenha Manual.

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Animal da Seagro, Cláudio Luiz Sayão Lobato, ao promover o seminário a Secretaria, o Sebrae e demais instituições visam ainda atender a demanda das agroindústrias do setor, no sentido de ampliar a produção leiteira no Estado. “Hoje existe uma capacidade produtiva ociosa, que pode ser melhor aproveitada com o incentivo e a inovação tecnológica no campo”, completa.

O evento será destinado a produtores, empresários de laticínios, integrantes de associações e cooperativas do setor, bem como estudantes e pessoas ligadas ao setor produtivo do leite no Tocantins.

Apoio

Apóiam o encontro a UFT – Universidade Federal do Tocantins, Senar Tocantins, Prefeitura Municipal de Colméia, Sindicato Rural de Colméia, Laticínio Aguiar, Laticínio Colinas, Laticínio Coopag, Laticínio Cremolat, Laticínio Fortaleza, Laticínio Guerra, Laticínio Palac, Laticínio Pureza, Laticínio São Francisco, Laticínio Volanda, Laticínio LBR e Laticínio Leite Mel. (Ascom Seagro)