Palmas

Foto: Divulgação

A vice-prefeita de Palmas, Edna Agnolin (PDT), na abertura da 3ª Conferência Municipal de Cultura e na reinauguração do Theatro Fernanda Montenegro, destacou a importância da cultura para um povo. “Outro dia, li na Internet, que a cultura está para o povo como a alma para o ser humano”, disse Edna. “Sem cultura, não há história, e um povo sem memória é um povo sem destino.”

Para a vice-prefeita, o Theatro Fernanda Montenegro é o espaço ideal para todas as manifestações culturais do Estado, desde os catireiros de Natividade até os dançarinos tribais da etnias do Estado, passando pelos grupos teatrais que tem muito a mostrar e a ensinar. “Valorizar a cultura e ajudar a preservá-la é uma das forças de dar dignidade à população. Sem contar que cultura também é lazer”, afirmou Edna Agnolin.

Como parte da conferência, que vai até dia 14, está sendo realizado o 3º Fórum de Gestores de Cultura das Capitais da Região Norte. Já o Theatro Fernanda Montenegro, agora reinaugurado, completa 16 anos em agosto e tem capacidade para cerca de 500 espectadores. (Ascom Edna Agnolin)