Polí­tica

Foto: Arquivo CT

As movimentações eleitorais no grupo do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) continuam a cargo dos partidos e pré-candidatos que fazem cada um a seu jeito suas mobilizações em busca de apoio e junto às bases eleitorais. Sem novidades com relação à definição do nome do grupo, os partidos saem na defesa dos pré-candidatos.

Depois do PDT através do seu presidente regional, Angelo Agnolin afirmar ao site Conexão Tocantins que o partido tem certeza que o grupo apoiará Edna Agnolin (PDT) o pré-candidato do PMDB, deputado estadual Eli Borges frisou nesta quarta-feira, 9, ao site, que o partido está fazendo um trabalho intenso nos bastidores.

“Estamos fazendo um trabalho forte nos bastidores, somos o maior partido do Estado”, disse o deputado. O partido sustenta que mantém o entendimento com as outras legendas (PDT, PSB, PT e outros) mas que o intuito maior é encabelar a chapa. “O partido trabalha para ser cabeça de chapa”, pontuou Borges.

Nos bastidores o PP seria uma das legendas que o partido estaria mais próximo tentando uma composição, no entanto, Eli ressaltou que a legenda junto com o PCdoB e PSB pretendem construir uma terceira via na disputa pela capital. “Não podemos descartar nenhuma possibilidade”, frisou. O PMDB pretende se reunir na próxima semana com os pré-candidatos a vereador e membros da cúpula da legenda.