Campo

Foto: Divulgação

Produtores rurais que trouxeram bovinos para comercializar na 12ª Agrotins – Feira de Tecnologia Agropecuária, já tiveram bons resultados nos primeiros dias da Feira. De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Animal da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Cláudio Sayão, as negociações realizadas nesses dois primeiros dias da Feira (dias 8 e 9 de maio), demonstram o bom momento do setor.

“A Agrotins é sempre um bom momento dos produtores fazerem negócios, conhecerem novas tecnologias e aumentar a interação com os demais”, afirmou Sayão, acrescentando: “até agora muitos animais já foram comercializados”. Cerca de 600 bovinos deram entrada na Feira neste ano, para participação de exposições, julgamentos e também para as vendas.

A produtora Catarina Noemir Kliemann da Fazenda Santo Ângelo, de Aparecida do Rio Negro, trouxe dez bovinos, da raça Nelore, para comercializar na Agrotins e até a manhã desta quinta-feira, 10, já havia vendido sete. “Todos os anos trazemos touros para comercializar e temos bons resultados aqui e após a realização da Feira, porque entregamos nossos cartões e muitos vão até nossa propriedade”, informou Catarina.

Segundo Catarina, a Agrotins tem sido “fundamental” para consolidar seus negócios. “A Agrotins vem melhorando a cada ano a estrutura física e até as acomodações para os expositores, o que mostra o crescimento do nosso setor”, avaliou a produtora, que já teve sua fazenda premiada em outras edições da Feira, por participar da exposição de ganho de peso.

Na quarta-feira, 9, aconteceu o Encontro dos Confinadores. Na tarde desta quinta-feira, acontecerá o II Fórum de Reprodução Animal. Na sexta, pela manhã, acontecerá o Encontro de Bovinocultura de Corte e à tarde, o Encontro de Bovinocultura de Leite. Paralelo a essas atividades, também acontece na Feira o torneio leiteiro, com ordenhas programadas para as 7 h e 17 h.

A programação da 12ª Agrotins, iniciou na terça-feira, 8, e segue até o sábado, 12. O evento é promovido pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário e sua vinculadas, Adapec, Ruraltins e Itertins. (Ascom Seagro)