Polí­tica

Foto: Divulgação

O executivo irá encaminhar um projeto de Lei para a Assembleia Legislativa para regularizar o pagamento das gratificações para os profissionais que trabalham nas Unidades Públicas de Urgência e Emergência do Estado. A decisão foi acertada em mais uma reunião entre representantes sindicais e do governo, que aconteceu nesta sexta-feira, 3 de agosto. Um outro projeto, de produtividade, também será encaminhado aos deputados, depois de  elaborado.

A retomada do pagamento do benefício deverá entrar na folha do próximo mês, conforme acertado na reunião. Para o pagamento do retroativo ainda será feito um estudo que contemple a capacidade de pagamento do governo.

A manutenção do benefício é uma reivindicação das categorias que atuam nos locais considerados ambiente de extremo estresse, como UTIs e os Prontos Socorros.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins – SEET, Ismael Sabino da Luz, a luta é que o benefício seja retroativo ao dia primeiro de agosto.

“Houve avanço na proposta apresentada pelo governo e esperamos que seja finalizado dia 10 de setembro próximo a discussão em torno do projeto que instituirá o pagamento por produtividade aos demais profissionais não contemplados pela gratificação de Urgência e Emergência, e igualmente será enviado a Assembleia Legislativa do Tocantins para ser apreciado e aprovado pelos deputados”, aguarda o presidente. (Ascom Seet)