Saúde

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins – SEET notificou nesta sexta-feira, 10, a diretoria geral do Hospital Infantil Público de Palmas Dr. Hugo Rocha – HIPP, quanto a diversas irregularidades denunciadas pelos servidores da unidade. A direção propôs uma série de adequações para resolver os problemas e apontou medidas paliativas.

Quanto a alimentação a diretoria do hospital informou que já foi realizada uma reunião com os setores responsáveis e que o fornecimento das refeições será restabelecido. Já os postos de enfermagem para procedimentos, tais como administração de medicação e assistência será feita a readequação na estrutura para atender a demanda. Atualmente os trabalhadores faltam balcões para preparo de medicações, além da pia para higienização das mãos ser muito longe do posto.

Sobre a falta de materiais de expediente, a diretoria informou que isso também está sendo providenciado, como a compra de mais lençóis, aparelhos de pressão, termômetros, glicômetros, balanças, entre outros. E também ficou acertada a montagem de carrinhos de emergência para cada setor com medicamentos específicos para o atendimento necessário.

Com relação aos recursos humanos, de imediato, está sendo convocado pessoal para a realização de plantões extras. A medida foi autorizada pela Secretaria Estadual da Saúde por causa da necessidade de atendimento, confirmou a diretoria do HIPP.

Pelo Seet acompanharam a reunião os diretores geral Rosângela Silva, Jurídico, Claudean Lima e o presidente Ismael Sabino da Luz.

“Se a equipe não tiver condições mínimas de trabalho, quem será o principal prejudicado será a comunidade. E isso não podemos permitir. Vamos continuar a acompanhando a situação de perto”, declarou o presidente. (Assessoria)