Estado

Foto: Divulgação

O governador Siqueira Campos assinou na manhã desta terça-feira, 28, termo aditivo em que transfere os direitos e as obrigações constantes do Protocolo de Intenções de 12 de janeiro de 2010 ao empreendimento Ecoporto Praia - Operações Portuárias e Serviços Logísticos S/A. O protocolo foi assinado anteriormente com a Autologística Eurolatina Serviços Ltda. A Ecoporto pertence ao grupo Eurolatina e é uma empresa genuinamente tocantinense.

O termo aditivo foi assinado pelo governador Siqueira Campos, secretário da Indústria e do Comércio, Paulo Massuia, e secretário da Fazenda, José Jamil Fernandes Martins, e pelo presidente das duas empresas, Klaus Weyand. Assinaram como testemunhas Adélia Nunes, diretores do grupo Eurolatina e Sandra Kramer, coordenadora geral da Ecoporto. Esteve presente também o engenheiro do porto, Melquisedeque Correia.

O presidente da Ecoporto informou ao governador que o maior cliente da Zona Franca de Manaus decidiu trocar o entreposto dele por Praia Norte, onde construirá um armazém de 10 mil metros quadrados. Disse também que fez o estudo de impacto ambiental já encaminhado ao Naturatins e Ibama, o qual foi encerrado com uma audiência pública com mais de 600 pessoas. Segundo ele, a comunidade está interessada no Ecoporto e tem investido para compartilhar os resultados econômicos do investimento. E a empresa está ligada ao fator social, tanto é que criou uma associação com os moradores para fazer um trabalho social na região visando atender as famílias de baixa renda.

Paulo Massuia esclareceu que o governo do Amazonas deve instalar um entreposto fiscal em Praia Norte. "Com isso", disse Massuia, "espera-se que toda a carga logística da Honda seja distribuída a partir de Praia Norte. Por hora a Honda vai distribuir apenas a carga da região Norte". (Secom)