Estado

Foto: Divulgação

O projeto “O Brasil no Tocantins”, da Secretaria da Indústria e do Comércio do Tocantins – Sic, segue visitando importantes capitais brasileira. Desta vez foi São Paulo/SP que recebeu os técnicos e secretário da pasta para um evento que reuniu, na sede da Fiesp, representantes de empresas nacionais e internacionais para um encontro onde foram apresentadas as potencialidades do Tocantins.

A ação é realizada pela Sic, em parceria com a Federação das Indústrias do Tocantins – Fieto e Federação do Comércio do Tocantins – Fecomércio. Em São Paulo, o projeto contou com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – Fiesp, Ecoporto Praia Norte, além de ampla participação da classe empresarial. Investidores de vários setores compareceram ao encontro e assistiram a uma palestra do secretário Paulo Massuia que foi preparada para apresentar os números positivos do crescimento do Tocantins.

Além disso, empreendedores que já investem no Estado contribuíram com cases de sucesso. Representantes das empresas Braxcel, BR Distribuidora e Votorantim abriram o encontro falando sobre as facilidades que encontram para investir no Tocantins e o retorno que já alcançaram. “Não é comum uma empresa de nosso porte atuar a toda carga em menos de três anos. Nossa experiência no Tocantins é positiva demais e é por isso que já estamos trabalhando em um plano de expansão”, afirmou Marcelo Chammas, diretor do Grupo Votorantim, empresa instalada em Xambioá, norte do Tocantins.

  Já o representante da BR Distribuidora, Luciano Rosa Pereira, empresa vincula à Petrobrás, lembrou que depois que o centro de distribuição chegou ao Estado, o Tocantins passou de 100% importador de combustível para fornecedor de outros quatro estados: Bahia, Pará, Piauí e Mato Grosso.

“O Tocantins é um estado muito receptivo para quem quer investir. Fomos beneficiados em vários sentidos, inclusive com redução tributária”, lembrou Cláudio Ribeiro, diretor financeiro da Braxcel Celulose, instalada em Peixe, sul do Estado. Diante de tantas histórias positivas a representante do Escritório Comercial do Equador no Brasil, Ximena Vallejo, se mostrou interessada diante das inúmeras possibilidades de negócios com o Tocantins. “O Tocantins representa um novo Brasil e é nesse tipo de Estado que estamos interessados em investir, especialmente se contam com infraestrutura privilegiada, como nesse caso”.

Rodada de Negócios

Depois do encontro formal, a comitiva tocantinense convidou os principais empresários presentes para um almoço, no restaurante da Fiesp, onde foi possível realizar uma rodada de negócios. Cerca de 30 representantes de empresas de grande porte tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e apresentar propostas diretamente ao secretário Paulo Massuia.

A rodada de negócios, conduzidas de uma maneira mais informal permitiu uma aproximação maior entre a equipe da Sic e importantes investidores de empresas nacionais e internacionais. “Esse momento foi extremamente importante para perceber a receptividade dos empresários com relação à apresentação que preparamos. Muitos querem marcar visitas ao Tocantins e já tenho uma reunião agendada com um grande investidor de Santos/SP, que pretende expandir os negócios também para o Tocantins”, pontuou Massuia.

Os empresários presentes também avaliaram a rodada de negócios positivamente. “Foi uma oportunidade para conhecer de perto quem trabalha no Estado e pelo Estado. As empresas já perceberam a grandeza do Tocantins e nós que estamos no sul e sudeste do país muitas vezes nem imaginamos as oportunidades que existem no norte.

Depois desse encontro, se abriram para nós várias oportunidades de, quem sabe, implantar uma base de negócios na região e também fazer parte desse crescimento que o Tocantins vem registrando”, afirmou Mario Mare, Diretor Comercial da Jaraguá Equipamentos Industriais.(Com informações da Assessoria)