Polí­tica

O prefeito Raul Filho afirmou que recebeu com estranheza as denúncias oferecidas à Justiça pelo Ministério Público Estadual, em que foi solicitado seu afastamento, segundo ele, em razão eivadas de ilações absurdas, que jamais serão corroboradas pelo conjunto probatório. O prefeito foi apontado pelo MPE como chefe de um esquema envolvendo a empresa Delta Construções e ligado ao contraventor Carlos Cachoeira.

Raul afirmou através de nota que “esta denúncia do Procurador Geral de Justiça, Clenan Ranaut, é arbitrária, desumana, abusiva e margeia a irresponsabilidade, por não guardar coerência com a verdade”, disse o gestor.

Ele ressaltou que, em oito anos no exercício de chefe do Poder Executivo nunca se negou a colaborar com qualquer investigação, pois assegura que sua conduta sempre foi pautada pelo trabalho e respeito aos princípios que norteiam a administração pública.

Para o prefeito é importante que os operadores do direito entendam que as ordens da lei são instrumentos de civilização. Não podem e nem devem estar a disposição do arbítrio