Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Marilon Barbosa (PSB) apresentou nesta quinta-feira, 28, no Pequeno Expediente, requerimento para a regularização do Setor Santa Fé e destacou que a região tem buracos e lama na época da chuva e de poeira, durante a seca. “Precisamos regularizar o setor com urgência, pois está precisando muito do asfalto, de água e de energia. Solicitou, ainda, urgência na votação do requerimento.

Marilon disse, ainda, que todas as casas, atualmente, tem um veículo, em resposta ao vereador Iratã Abreu (PSD), sobre o fato de não serem famílias de baixa renda as beneficiárias de vagas nas Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis).

O vereador Joel Borges (PMDB) disse que, se há irregularidade no atendimento nas Emeis, o fato será apurado.

O vereador Iratã Abreu (PSD) também usou a tribuna para responder ao vereador Folha (PTN), lembrando que a senadora Kátia Abreu (PSD) trabalha em parceria com João Ribeiro (PR) e com Vicentinho Alves (PR), para trazer melhorias e recursos para o Tocantins. “Não existe competição entre eles", disse. O parlamentar listou obras construídas com recursos trazidos pela senadora, como o Hospital de Referência de Gurupi e a compra de máquinas de hemodiálise e de mamografia para hospitais públicos. E que o deputado federal Irajá Abreu (PSD) conseguiu R$ 500 mil para compra de tratores.

Irmã Dulce
O vereador Joel Borges (PMDB) disse que não há nenhuma ação de desapropriação do Setor Irmã Dulce. Informou, ainda, que a regularização está nas mãos do Estado, que já entrou em contato com oito chacareiros.

O parlamentar garantiu, ainda, que,  será apurado se houve truculência por parte de fiscais e tomadas as medidas cabíveis. (Ascom)