Saúde

Foto: Juliana Matos

Fiscais da Vigilância Sanitária de Palmas (Visa/Palmas) interditaram outra fábrica de gelo nesta quinta-feira, 21 de março. Desta vez, a fábrica interditada era clandestina e fica localizada na Quadra 103 Norte. Na mesma quadra outro fabricante de gelo recebeu um auto de infração por descumprimento de normas sanitárias.

Segundo a chefe da Divisão de Alimentos da Visa/Palmas, Gizella Diniz, a interdição foi necessária para que seja interrompida a produção de gelo em condições de risco para o consumo. O maquinário da fábrica também será apreendido.

Mais inspeções

Simultaneamente, outra equipe de fiscais localizou duas fábricas de gelo com os portões fechados, na região Sul de Palmas. Uma delas fica localizada no setor Santa Helena e outra em Taquaralto, próximo à saída para Porto Nacional.

Na Quadra 307 Norte, uma fábrica de gelo foi notificada para dar entrada no pedido de alvará sanitário e realizar adequações no local de manuseio do gelo, devido à proximidade com a área de serviço da residência do proprietário, segundo o fiscal sanitário Fábio Hundertmarck. O dono do estabelecimento também foi orientado a adequar ainda o piso da câmara de gelo.

Parcerias

Fiscais do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest/Palmas) acompanharam os fiscais e orientaram o dono e funcionários com relação às normas de segurança de trabalhadores exposto a baixas temperaturas, como o uso de itens de proteção individual.

Também acompanhou as fiscalizações a fábricas de gelo o coordenador do Centro de Apoio  Operacional às Promotorias de Justiça (Caop), procurador José Omar de Almeida. "Vamos visitar todas os estabelecimentos dessa natureza de Palmas para nos certificar das condições da produção do gelo que pode estar colocando em risco a saúde do consumidor", enfatizou.

Denúncias

Denúncias de estabelecimentos comerciais ou empresas da área de saúde ou meio ambiente que estejam descumprindo normas sanitárias podem ser feitas gratuitamente à Ouvidoria da Saúde de Palmas pelo 0800-030-1515.