Estado

Foto: Divulgação

O Governador Siqueira Campos recebeu na noite desta sexta-feira, 12, em seu Gabinete, o diretor presidente da Gelnex (The Gelatin Specilists) Milvo Zancanaro, e o coordenador Administrativo, Marim Guimarães Júnior, para tratar de novos investimentos no Estado. Gelnex é quarta maior produtora de gelatina do mundo com fábricas em Goiás, Santa Catarina e Tocantins, onde tem uma sede em Araguaína e gera mais de 150 empregos diretos.

 Desde 2008, a empresa já investiu 50 milhões na indústria do Estado, conforme informou o coordenador Marim Guimarães. De acordo com o presidente Milvo Zancanaro, a visita ao Governador teve o objetivo de buscar informações para subsidiar novos investimentos, como na área de agricultura.

“Nós sentimos firmeza em Araguaína e queremos investir mais nesse Estado. Nossos investimentos serão direcionados para cá. Já adquirimos uma fazenda para investir na industrialização de produtos e queremos também ampliar os investimentos na fábrica que já temos em aqui”, afirmou. Outro ponto lembrado pelo presidente e pelo coordenador Administrativo, Marim Guimarães, diz respeito aos incentivos fiscais oferecidos pelo Governo do Estado. “As condições são ótimas, a logística é muito boa. Nós percebemos que o Estado é muito organizando, ao contrário de outros lugares que optamos por não investir. Nós vamos nos reunir no final do mês com nosso grupo e vamos informar a ele sobre as possibilidades que o Estado nos oferece”, disse.

Na ocasião, o Governador Siqueira Campos ofereceu toda estrutura da administração para possibilitar os novos investimentos e afirmou que o apoio às empresas é necessário. “Os empresários são nossos parceiros. A gestão privada é a gestão do mundo econômico e nós temos que apoiar. Vamos dar todo o suporte necessário para que esses investimentos possam vir para o nosso povo”, afirmou o Governador.

Geração de emprego e renda

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Massuia, a vinda de novos investimentos possibilita a geração de renda, recursos e oportunidades. “Esses investimentos contribuem para o desenvolvimento de pequenas empresas, possibilita a geração de empregos e desonera o setor público, além de contribuir para a arrecadação de impostos, mesmo com nossos incentivos fiscais”, disse o secretário.

Além dele, o secretário da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento Agrário, Jaime Café, participou do encontro. Os dois ainda vão se encontrar com os executivos da empresa para detalhar as potencialidades do Tocantins. Também estiveram na reunião o secretário-chefe da Casa Civil, Renan de Arimatéia, e o Coordenador da Seagro, Italo Marcel.

  Empresa

Fundada em 1998, a primeira fábrica na América do Sul destinada a produção de gelatina suína foi instalada em Itá –Santa Catarina, com objetivo de atender as mais variadas necessidades das indústrias alimentícias e farmacêuticas. A Gelnex conta atualmente com um corpo de 468 funcionários. Já a gelatina comestível é um produto natural fabricado a partir de bases provenientes de peles, ossos e tecidos conectivos de animais.