Campo

Foto: Divulgação

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) prorrogou em 10 dias o prazo para o plantio de soja nas Várzeas Tropicais. Com isso, o término do plantio passa para 10 de junho e consequentemente o prazo para colheita para o dia 10 de outubro. A medida visa atender a solicitação dos irrigantes que alegaram dificuldades no preparo do solo devido às condições climáticas que atrapalharam a drenagem das águas.

A solicitação partiu do Sindicato Rural de Formoso do Araguaia, das cooperativas: Coperjava, Coopergran, Cooperformoso e Distrito de Irrigação do Rio Formoso (DIRF), já que os mapas pluviométricos da região indicaram um volume de água três vezes maior que o registrado no mesmo período do ano passado. “Sabemos da importância da cultura para a economia do Estado, por isso dilatamos o prazo para que os produtores rurais não sejam prejudicados”, diz o presidente da Adapec, Marcelo Aguiar Inocente.

As Várzeas são compostas pelos municípios de Lagoa da Confusão, Cristalândia, Dueré, Pium, Formoso do Araguaia e Santa Rita do Tocantins. Nesta região, durante o período de entressafra é permitido o plantio de grãos para destinação de pesquisa e sementes.

A área produtiva é 100% monitorada pela Adapec para prevenir e controlar a Ferrugem Asiática da Soja, principal praga que acomete a cultura. “Já que conseguimos a dilação do prazo, pedimos o comprometimento dos produtores para priorizarem a semeadura de cultivares precoces no final dos procedimentos de plantio, proporcionando uma retirada mais rápida do material”, diz o diretor de Defesa, Inspeção e Sanidade Vegetal da Adapec, Luís Henrique Michelin. 

Dados

Nas Várzeas Tropicais, em 2012 foram plantados 36,3 mil hectares de soja, totalizando uma produção de 98,1 mil toneladas, obtendo uma produtividade média de 2,5ton./ha.

Vazio Sanitário

Vale ressaltar que o restante do Estado deve cumprir o período do Vazio Sanitário, que ocorre de 1º a 31 de setembro, onde é proibido o cultivo da oleaginosa.