Bastidores

Foto: Divulgação

Sonho natural

O secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos afirmou ao Conexão Tocantins após cerimônia no Palácio Araguaia na manhã desta segunda-feira, 10, que seu desejo de disputar o governo é um sonho natural em razão de sua trajetória política. “É um sonho natural mas sem ambição”, ponderou.

Boa articulação

É claro que como um político experiente que já ocupou vários cargos eletivos ele não deixou de mencionar que é preciso o aval e apoio dos aliados nesta empreitada rumo ao governo porém frisou. “ Me preparei para isso”. Eduardo inclusive afirmou que não tem interesse em outro cargo: apenas no governo.

“Juntos”             

Questionado sobre as críticas da senadora Kátia Abreu na semana passada ao Conexão Tocantins ele apenas disse: “estamos pagando juntos”, se referindo á fala da senadora de que o governo precisa pagar a eleição de 2010 primeiro para depois cogitar a sucessão. Kátia cobrou claramente o governo e disse que as ações estão atrasadas.Já Eduardo exaltou a aliança e ajuda da senadora para o Estado e que ela tem sido uma grande parceira. "A senadora tem dado contribuições importantes para o governo", frisou.

Federal

Deputado estadual José Geraldo do PTB, que também é presidente regional do partido no Estado contou que os prefeitos de sua base e demais aliados têm pedido que ele dispute uma das cadeiras na Câmara Federal. Ele considera tal possibilidade e diz que sua intenção é ampliar o trabalho na Câmara em prol do Tocantins.

Bronca

À seu estilo o governador Siqueira Campos durante solenidade no Palácio Araguaia na manhã de hoje não exitou em corrigir o cerimonial por várias vezes com relação à entrega de ônibus.Certo momento ele balbuciou: “a gente só fala se tem certeza...”.

PT na prefeitura

Agora que PT e PP já “fecharam” aliança para o próximo ano o próximo passo é dar uma representatividade para o partido na prefeitura. Mas na verdade o partido já tem vários membros ocupando cargos estratégicos na prefeitura como por exemplo o Superintendente da Defesa Civil, Iranilton Sales. Resta saber se vem por aí o comando de alguma pasta. Aliás como gosta de frisar o prefeito de Palmas, Carlos Amastha: indicação não: sugestão!