Estado

Foto: Divulgação

O Rio de Janeiro é o destino dos mais de 200 jovens tocantinenses que, com apoio do Governo do Estado, estão participando da JMJ - Jornada Mundial da Juventude. No segundo dia do evento os missionários se evangelizaram, divertiram e conheceram novas culturas.

As catequeses marcaram o início da programação do dia. Para a palmense Bruna Patrícia, a forma com que os bispos cariocas guiaram o momento de oração foi o mais lhe chamou atenção. “Todos conseguiram compreender a mensagem, porque foi simples e ao mesmo tempo atual”, enfatiza Bruna. Através de cânticos e sermões de párocos locais, o momento cristão se estendeu até o final da manhã.

A programação extensa da jornada, que acontece ao mesmo tempo em vários lugares da capital carioca, surpreendeu o estudante Paulo Cesar, de Palmas. “A cidade é muito grande para participarmos de outros eventos da programação, tivemos que pegar vários ônibus e andar de metrô. Vivenciar toda essa conturbação de uma grande capital é uma experiência desafiadora e ao mesmo tempo gratificante”, destaca.

No final da tarde, a diversão ficou por conta da Feira Vocacional, na zona norte do Rio. Jovens missionários dos quatro cantos do mundo puderam expor suas danças e tradições. Um momento de intercambio cultural e linguístico que, para Graziela Pereira, de Novo Acordo, é o que há de extraordinário na JMJ. “É muito bom poder conhecer pessoas de outros lugares do mundo, fazer novas amizades e também arriscar falar um pouco outros idiomas”, comenta.

Nesta terça-feira, 25, os jovens estarão na festa de acolhida ao Papa, na orla de Copacabana. A Jornada Mundial da Juventude segue até o dia 28 de Julho.