Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) ingressou com um pedido de investigação junto à Procuradoria Regional Eleitoral onde acusa o secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos de fazer propaganda antecipada através dos eventos e ações recentes do governo estadual.

O pedido foi protocolado no gabinete do procurador Regional Álvaro Manzano e tem também como alvo o governador Siqueira Campos. Para Gaguim, Eduardo tem feito campanha extemporânea, já que ele representa o governo na maioria dos eventos principalmente em solenidades com os prefeitos. “Desde o início do atual mandato do governo do Tocantins com aquiescência de seu titular o segundo representado vem assumindo a frente de toda imagem pública do governo, levando os objetivos à sociedade, inaugurando obras, entregando benefícios e se apresentando à mídia como indisfarçável busca de notoriedade pessoal sobre a gestão pública”, argumenta na representação.

Segundo o ex-governador argumenta no pedido o governador Siqueira Campos teria dado poderes e permitido tal prática na administração.  No documento Gaguim cita que Eduardo participa da inauguração de obras e ainda da entrega de benefícios como tablets e computadores além de intermediar a relação do governo estadual com entidades classistas e sindicatos.

Gaguim apresenta ainda declarações do secretário Eduardo Siqueira onde à imprensa onde ele admite ter pretensão de disputar o governo do Estado no pleito do próximo ano.

O Conexão Tocantins tentou contato direto com o secretário através de seu telefone celular mas as chamadas foram encaminhadas para a caixa de mensagens. O espaço continua aberto para as declarações de Eduardo.