Economia

Foto: Divulgação

Atrair investidores para negócios lucrativos, que em contrapartida geram emprego e fortalecem a economia do Tocantins, tem sido um dos focos do trabalho da Sedecti – Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Tocantins. Nesta quarta, 09 e quinta-feira, 10, acontece na Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo a 4º edição do projeto O Brasil no Tocantins, que tem o objetivo de apresentar à grandes investidores do país, as oportunidades que o  Estado oferece.  

No primeiro dia do evento, cerca de 60 pessoas assistiram a explanação feita pelo secretário da Sedecti, Paulo Massuia, sobre as características geográficas, logísticas, energéticas, dentre outros fatores de infraestrutura que estão em crescente desenvolvimento no Tocantins. A localização estratégica e os investimentos que têm sido realizados pelo Governo do Estado para dar condições de exploração ao alto potencial logístico do Tocantins foram alguns dos destaques da palestra.  

Também foram apresentados aos empresários números reais relativos aos setores que se destacam na economia e estão gerando constantes oportunidades para a realização de novos negócios, tais como: agricultura, pecuária, comércio varejista, mineração, energia fotovoltaica e construção civil. Outros fortes atrativos apresentados foram os incentivos fiscais oferecidos pelo Governo do Estado e as possibilidades de financiamentos com taxas reais de juros negativas.  

O consultor empresarial, Getútlio Zakimi, um dos sócios da empresa Zakimi Consultoria, surpreendeu-se com as informações a que teve a acesso. “Eu agradeço a oportunidade de ter visto como o Tocantins está pujante. Existe um crescimento acentuado real em relação aos outros anos e eu prevejo que isso vai continuar. A minha empresa trabalha com posicionamento econômico e estratégico e eu direcionarei algumas empresas para o Tocantins com muito louvor”, afirmou o consultor.  

Brasil no Tocantins 

O projeto teve início em 2012 e deste então já foi realizado nos estado do Amazonas, Rio Grande do Sul e São Paulo, onde acontece pela segunda vez. Em todos os Estados o evento é realizado em parceria com as Federações das Indústrias. Os relatórios de avaliação do projeto mostram que após os eventos, 60% dos empresários que participam buscam mais informações a respeito do Tocantins e 40% visitam o Estado para fechar parcerias comerciais. 

 “O que nós estamos fazendo é atuar estrategicamente para chegar até as pessoas que estão constantemente em busca de novas oportunidades, para quebrar os paradigmas, preconceitos e mostrar que o Tocantins é um Estado que já está preparado e com diferenciais competitivos para receber novos negócios”, lembrou Massuia. O secretário ainda destaca que muito em breve o Estado colherá os resultados desse trabalho. “Uma grande empresa leva cerca de dois anos para fazer os estudos de viabilidade para a implantação de um novo negócio e nós estamos aqui para direcioná-las ao lugar certo”, pontuou.

Por: Redação

Tags: Fiesp, Getútlio Zakimi, Paulo Massuia