Polí­tica

Foto: Divulgação

A criação do Consórcio Intermunicipal de Saúde, aprovado recentemente em Palmas, levou o deputado Wanderlei Barbosa a apresentar votos de aplausos ao secretário de saúde do município, Nicolau Esteves, durante sessão ordinária na tarde desta quarta-feira, 16. O projeto aprovado é semelhante ao do deputado Wanderlei, apresentado na Assembleia Legislativa do Tocantins, onde autoriza o Poder Executivo a gerir Consórcio Intermunicipal de Saúde, e outro solicitado na câmara da Capital ainda em 2007, quando era vereador de Palmas.

“Sempre acreditei em um modelo de gestão integrado a outros municípios, garantindo melhorias para toda uma região. Neste sentido, apresentei três projetos semelhantes, dois sobre o consórcio de saúde e um que cria a Região Metropolitana da Capital, anexado a outro do governo, apresentado recentemente na Assembleia”, frisou o parlamentar.  

Segundo o deputado, muitos municípios estão compreendendo a necessidade deste modelo integrado de desenvolvimento coletivo, e aos poucos solicitando para serem inclusos nestes projetos.

Em Aparecida

Vislumbrando a importância dos consórcios, o prefeito Deusimar Amorim de Aparecida do Rio Negro, município que faz parte do projeto da Região Metropolitana da Capital, afirmou a necessidade de também estar incluso no consócio Intermunicipal de Saúde.

A afirmação foi feita ao deputado Wanderlei durante visita ao município, na quarta feira, 16. “A minuta do projeto solicitando que Aparecida faça parte do consórcio já está pronta, para logo ser encaminhada a câmara, e ser aprovada. Nosso município não tem condições de ter todas as especialidades médicas, e aderindo ao consórcio, facilitará bastante o atendimento de saúde no município”, ressaltou o prefeito.