Palmas

Foto: Valério Zelaya

O secretário Municipal de Segurança, Defesa Civil e Trânsito, Coronel Ribamar, e o superintendente da Defesa Civil Municipal, Iranilto Sales, participaram na manhã desta terça-feira, 22, da solenidade de abertura das Oficinas de Preparação para Desastres – Região Norte. Os eventos são promovidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, e realizado com apoio da Defesa Civil Municipal e Estadual.

Iranilto destacou a importância da realização das oficinas para os membros da Defesa Civil Municipal. “Oficinas como estas irão capacitar melhor nossos colaboradores, pois eles terão a oportunidade de trocar experiências para reagir em condições de desastres, como incêndios, alagamentos e erosão”.

 O superintendente também mencionou como essas oficinas serão importantes para o enfrentamento dos principais desastres que acontecem no município de Palmas, como os incêndios. “Estamos saindo de um período crítico de incêndios, e é importante estarmos preparados para o próximo ano”, disse.

Para o   secretário, Coronel Ribamar, estar atento aos problemas decorrentes das mudanças climáticas é uma preocupação do Prefeito Carlos Amastha, "que sempre acompanha de perto as ações da Secretaria". “Este treinamento vem trazer mais segurança e precisão na hora de agir nos desastres naturais, e prestaremos um serviço de qualidade aos cidadãos palmenses”, completou o secretário.

Segundo o coordenador de Oficina de Preparação  para Desastres Região Norte, Wellington Silva, esta parceria entre os governos federal, estadual e municipal é que fará a diferença no atendimento à população em situação de desastre. “O sistema só funciona com integração, por isso, é importante trabalharmos juntos, para que o nosso trabalho dê resultado para a sociedade”, afirmou o coordenador.

O treinamento com as Oficinas de Preparação para Desastres – Região Norte, elaborado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, com parceria da Defesa Civil Estadual e Municipal, acontecerá até o próximo sábado (25), e será realizada em duas etapas. A primeira de conteúdo teórico, com duração de 32 horas/aula, ministradas até a sexta-feira, 24. O conteúdo abrangerá Legislação Federal, Reconhecimento de recursos, Transferência de Recursos, Cartão de Pagamento de Defesa Civil, Sistema Nacional de Monitoramento, Alerta e Alarme, Plano de contingência de Proteção e Defesa Civil, Exercício Simulado de Preparação para Desastres.

A segunda etapa do curso terá aplicação dos conteúdos na prática, por meio da realização do “exercício simulado de preparação para desastres”. Este, segundo os organizadores, capacitará os técnicos e gestores em Defesa Civil a trabalhar na comunidade residente em áreas de risco para atuar preventivamente em situação de desastre e consolidar procedimentos e conteúdos para a criação de um sistema permanente de monitoramento.

A comunidade escolhida para a aplicação da segunda etapa do treinamento será o Setor Bela Vista, no Plano Diretor Sul, a partir das 16 horas e terá uma hora e meia de duração, onde será aplicado o  Plano para Evacuação de Área de Risco - Simulado de Preparação para Desastres, com a participação de 60 pessoas entre técnicos da Defesa Civil Estadual, Municipal e Secretaria Municipal da Saúde.

A área de risco abrangerá cerca de 70  moradores  e 28 residências e será previamente sinalizada. O  local de execução do simulado terá área de espera, posto de comando, áreas de evacuação, rotas de fuga, pontos de encontro e abrigo.

Participaram, também, da solenidade de abertura das Oficinas de Preparação para Desastres – Região Norte, o Major Farias, Coordenador Adjunto da Defesa Civil Estadual, o Coronel Iuri, Coordenador estadual da Defesa Civil, e Any Mendonça, representante do Sesc. (Secom Palmas)