Palmas

O secretário de Saúde da capital e pré-candidato ao governo, Nicolau Esteves admitiu em entrevista ao Conexão Tocantins que pode antecipar sua saída da pasta. “Pode ser que eu tenha que sair antes”, disse. O acordado, segundo ele informou, é que ele fique no comando da pasta até o fim do prazo para a desincompatibilização em abril do próximo ano.

Segundo Nicolau o projeto de Caravana Popular do Partido dos Trabalhadores está tendo um efeito positivo o que pode exigir uma dedicação maior de tempo. O secretário elogiou o prefeito Carlos Amastha e disse que é grato pela oportunidade de mostrar seu trabalho. “Conto com o apoio incondicional do Amastha”, frisou, se referindo ao trabalho na pasta.

Nicolau recentemente foi alvo de críticas por parte de vereadores da oposição que chegaram inclusive a pedir que o prefeito o tirasse do cargo.