Polí­tica

Foto: Divulgação

O secretário de Saúde de Palmas e pré-candidato do PT ao governo, Nicolau Esteves afirmou ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 8, que já estuda quando deixará o comando da pasta. “Até o final deste mês de janeiro vamos ver em conjunto com o partido e com o prefeito Amastha como é que vai ficar mas ainda não temos nenhuma data”, frisou.

Nicolau atualmente se divide entre as atribuições da pasta e as atividades partidárias como a Caravana Popular do partido que percorre vários municípios nos finais de semana. A saída do petista para se dedicar exclusivamente aos projetos políticos pode ocorrer no início de fevereiro. "Tenho muito a agradecer ao prefeito Amastha pela oportunidade e confiança", disse.

Para este ano o pré-candidato frisou que o PT pretende intensificar o contato com as bases e construir um plano de governo de acordo com as principais necessidades da população. “Temos um projeto e queremos levar esse projeto adiante”, disse.

O PT de Nicolau integra o grupo intitulado de terceira via e que é composto também pelo PSL, PP e PcdoB. A escolha do nome que vai encabeçar a chapa será feita, segundo ele, apenas nas convenções mas Nicolau não descarta disputar a vaga ao Senado ou até de vice. “Tudo depende e será feito em entendimento com o nosso grupo”, disse.

Além de Nicolau também são pré-candidatos pela terceira via o empresário Roberto Magno Martins Pires (PP) e ainda o suplente de senador Marco Antônio Costa e o ex-ministro e secretário de desenvolvimento econômico da capital, Luiz Carlos Borges da Silveira.