Polí­tica

Foto: Divulgação Roberto Pires marcou presença no jantar da terceira na casa do reitor da UFT Roberto Pires marcou presença no jantar da terceira na casa do reitor da UFT

O Jantar de Ideias, promovido para a terceira via (PP, PT, PSL e PCdoB) e realizado pelo presidente do PCdoB, Luciano Arruda, na noite desta segunda-feira, 10, na residência do reitor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Márcio da Silveira, contou com a presença de várias lideranças dos partidos que compõem o grupo. A reunião foi aberta com pronunciamento do reitor que é filiado ao PCdoB. Ele fez questão de frisar seu apoio ao grupo e salientou que, no tocante à política partidária, seu principal projeto no Estado é reeleger a presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro. O reitor destacou o avanço do investimento em educação por parte do Governo Federal.

Já o presidente estadual do PSL, Cristian Zini, fez questão durante seu pronunciamento, de afastar especulações que estariam dando conta de que seu partido poderia abandonar o grupo da terceira via no momento de definição, nos meses que antecedem a eleição. “Quero dizer que nesta aliança o PSL é um forte elo central que não rompe”, disse.

Durante os pronunciamentos coube ao presidente metropolitano do Partido Progressista e secretário de Relações Institucionais da Prefeitura de Palmas, Tiago Andrino, fazer a defesa do nome do pré-candidato do PP ao Governo do Estado, Roberto Magno Martins Pires. O pré-candidato do PP, que chegou ao evento na companhia do correligionário e prefeito de Palmas, Carlos Amastha, desfilou com desenvoltura entre os convidados e se mostrou bastante à vontade no grupo.

Diferente do prefeito Carlos Amastha que, durante seu pronunciamento, voltou a afirmar que a eleição para governador pela terceira via, em outubro, será muito mais fácil do que foi sua eleição para prefeito da capital, Pires, entretanto, disse que o grupo tem de permanecer unido e vigilante, pois, em sua opinião, a eleição não será fácil. O pré-candidato ainda disse que não faz questão de ser ele o candidato da terceira via. Segundo ele, entretanto, se as avaliações mostrarem que seu perfil é o que o eleitorado busca, seu nome estará à disposição.

O pré-candidato do PSL, empresário Marco Antônio, também foi outro que se colocou à disposição do grupo e conclamou para que permaneçam unidos para alcançar a vitória em outubro.

Já o pré-candidato do PT, Nicolau Esteves, destacou a qualidade dos outros pré-candidatos e frisou que é preciso romper com a política tradicional do Estado. Segundo o petista é preciso um olhar especial sobre as pessoas desvalidas com um cuidado especial por parte do Estado.

Também marcaram presença no evento o presidente regional do PT, Júlio Cesar Brasil, assim como o ex-presidente da sigla, Donizeti Nogueira; o representante da Funai no Tocantins e pré-candidato a deputado, Clésio Fernandes de Moraes e o ex-petista Neilton Araújo (PSB) entre outras lideranças partidárias.