Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

A partir da segunda, 24, a comunidade de Taquaruçu, receberá as primeiras oficinas do projeto Telinha de Cinema no ano de 2014. A equipe da ONG Casa da Árvore preparou duas atividades que serão oferecidas gratuitamente para crianças e adolescentes moradoras do distrito ecoturístico no período que antecede o carnaval. Na programação, atividades que exploram as novas dimensões da expressão cultural e da participação social a partir do uso das tecnologias de informação, comunicação e mobilidade.

Durante as manhãs, das 9h às 11h30, a meninada interessada em audiovisual poderá participar da oficina Vídeo de Bolso. A atividade acontecerá até o dia 3 de março no Ponto de Cultura Canto das Artes. Os interessados serão desafiados a lançar um olhar crítico e sensível sobre o carnaval e produzirem vídeos usando o celular e outras tecnologias populares. A oficina reúne atividades práticas que exploram a linguagem audiovisual desde a concepção de roteiro até a montagem e os mecanismos de compartilhamento on e offline. As vagas ainda estão abertas e as inscrições devem ser feitas na próxima segunda, no Canto das Artes. Ao todo estão sendo oferecidas 20 vagas.

Já durante as tardes, a equipe do projeto estará na Escola Municipal Duque de Caxias, realizando a oficina Redes Digitais e Participação Social. Os encontros acontecerão até a sexta-feira, 28, sempre das 13h30 às 17h.  À atividade será dedicada a reflexão de questões que vão desde a construção de identidade nas redes sociais, passando por práticas de uso seguro chegando a exploração das ferramentas para organização e mobilização social. Para estas atividades a expectativa é de que 20 alunos da escola participem.

A presidente da ONG Casa da Árvore, Leila Dias, destaca que boa parte da construção dos sentidos e da compreensão de mundo que as crianças e adolescentes têm hoje é de alguma forma mediada por estas tecnologias, “Estimular a reflexão possibilitar que estes jovens desenvolvam habilidades para ocupar os espaços virtuais, produzindo conteúdo e debatendo sobre sua própria realidade e a única forma de evitar que todo este poder latente da cultura digital caia na vala comum das mídias de massa, como a televisão, onde somos meros consumidores”.

Projeto

O Telinha de Cinema foi o primeiro núcleo de formação e incentivo à produção audiovisual dedicado às novas tecnologias no Brasil, reconhecido como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil (2009). Desenvolvida no Tocantins desde 2007, a iniciativa já atendeu quase 3 mil pessoas em diversos Estados brasileiros, recebendo os prêmios Finep de Inovação em Tecnologia Social (2013) e  Economia Criativa – Estímulo a Formação para as Artes (Ministério da Cultura - 2012).

 Em 2014 o projeto foi contemplado pelo Programa de Incentivo à Cultura (Prominc), promovido pela Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Fundação Cultural de Palmas. Até junho a iniciativa pretende realizar ainda, outras duas oficinas a exemplo destas em Taquaruçu, além de oficinas de Web Canal Comunitário, Laboratório de Audiovisual e Novas Tecnologias e Laboratório de Inovação. Todas as atividades serão gratuitas e realizadas em parcerias com escolas públicas, entidades culturas e movimentos populares da capital.

 Casa da Árvore

A Casa da Árvore Projetos Sociais é uma associação que desenvolve ações socioeducativas no contexto da cultura digital, orientadas para a promoção da cidadania. Atuando desde 2007 em ambientes formais e não formais de educação, desenvolvendo práticas inovadoras de aprendizagem a partir do uso criativo de tecnologias digitais, sobretudo as tecnologias de mobilidade.

É composta hoje por um grupo de profissionais das áreas da comunicação, psicologia, pedagogia, artes e tecnologia que juntos com estudantes universitários buscam compreender as dimensões da participação social e da expressão cultural e sua relação com as novas mídias.

Para execução dos projetos, a ONG realiza cooperações técnicas e tecnológicas com universidades, instituições sociais, movimentos populares e poder público. Com isso promovendo inovação em todas as regiões do Brasil, ampliando e dialogando com políticas públicas.

 Ao longo da sua atuação, a Casa da Árvore vem constituindo parcerias com empresas e instituições sociais como Petrobras, Fundação Telefônica – Vivo, Fundação Banco do Brasil, Ministério da Educação, Funarte, Fundação Vale, Instituto Care Brasil, Instituto EDP, Prefeitura de Recife, Prefeitura de Fortaleza, Governo do Estado de Rondônia, Secretaria de Cultura de Goiás, Secretaria Municipal de Educação de Goiânia, Prefeitura de Senador Canedo-GO, além instituições de ensino e pesquisa como RNP – Rede Nacional de Incentivo à Pesquisa, Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal do Tocantins, Universidade Federal do Ceará, Universidade Federal de Pernambuco e Universidade Estadual de Goiás. (Casa da Àrvore)