Polí­tica

Foto: Divulgação

Em sessão no Tribunal Regional Eleitoral desta quarta-feira, 23, foi aprovado pelo pleno o registro de candidatura da coligação “Reage Tocantins”, encabeçada pelo senador Ataídes Oliveira (Pros), candidato a governador do Estado. A sessão para aprovação do registro da chapa majoritária foi aberta ainda na tarde e ontem. O magistrado Zacarias Leonardo pediu vistas do processo na oportunidade e considerou elevado o valor estimado para campanha da referida coligação de R$ 69,7 milhões.

O desembargador Marco Anthony Villas Boas foi o relator da matéria e se posicionou contrário na terça-feira ao juiz Zacarias Leonardo que argumentou que deveria haver um limite de gastos para as campanhas de 2014 por considerar o valor estimado de gastos em campanha da coligação Reage Tocantins elevada. 

Já nesta quarta-feira, Zacarias Leonardo manteve as discordâncias com os gastos e afirmou: “Eu trouxe essa ideia sabendo se tratar de uma ideia nova, calcada em princípios supra-constitucionais, que entendo, nos permitem delimitar esses valores até para suprir a falha, a falta legislativa prestes há completar dez anos, data de 2006 a edição da lei 11.300 que disse que o legislativo produziria a cada ano uma legislação delimitando os gastos de campanha e o legislativo não tem feito isso e nos estamos vendo a questão correr sempre com essas, cada vez mais gordas campanhas políticas e isso não é salutar para o País porque sempre acaba desaguando num outro setor indesejável que é a corrupção”, afirmou.

A aprovação do registro da coligação foi efetivada por unanimidade com ressalva apenas para o valor de campanha do voto do juiz Zacarias Leonardo.

Majoritária

Na chapa majoritária, a coligação tem como candidato a governador o senador Ataídes Oliveira, a vice-governadora Cinthia Ribeiro (PTN) e a senador, o deputado estadual Sargento Aragão (PROS).

A Coligação “Reage Tocantins” é formada pelos partidos PROS, PTN, PMN, PPL, PSDC, PCdoB e PTdoB.