Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato ao Governo do Estado do Tocantins, senador Ataídes Oliveira (Pros) disse neste último sábado, 23, durante reunião no setor Santa Fé, região Sul de Palmas, que “não aguentava mais ver o Estado nas mesmas mãos”. O candidato ainda disse que o Tocantins “não é dos Siqueiras, nem dos Mirandas e muito menos dos Abreus”, acrescentou, sendo bastante aplaudido.

Em sua fala, Ataídes reforçou o compromisso com a implementação do passe livre para os estudantes, com o aumento de 15% nos salários dos servidores da saúde, educação e segurança pública e com a redução dos valores da energia elétrica e dos combustíveis. 

“Essas propostas estão registradas em cartório e serão implantadas nos primeiros meses de nossa gestão. Vamos acabar com a corrupção, que tanto corroe as riquezas do nosso estado, que é tão rico”, afirmou o candidato a governador da Coligação “Reage Tocantins”.

Presente na reunião, o candidato a senador da coligação, deputado estadual Sargento Aragão (PROS), reforçou seu compromisso com o Tocantins. "Como senador, vou lutar pra melhorar a vida de todo a nossa população e não apenas de uma classe como outros. Vamos criar o Fundo da Segurança Pública, para assegurar os investimentos na segurança. No orçamento do governo este ano não há previsão de nada em investimento para segurança”, destacou.

Também participou do evento a candidata à vice-governadora, Cinthia Ribeiro (PTN), que criticou o atual momento do Tocantins. “Acompanhando meu marido, o senador João Ribeiro, visitei os 139 municípios do Tocantins e conheço a realidade lamentável do Estado, com apenas 25 anos de criação”, afirmou Cinthia.