Palmas

Foto: Divulgação
  • Foto - Antônio Gonçalves
  • Foto - Antônio Gonçalves
  • Foto - Antônio Gonçalves

Nesta terça-feira, 09, o prefeito Carlos Amastha, acompanhado de sua equipe e da diretoria da Foz|Saneatins, participou do lançamento do início das obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Taquari, que deverá ser concluída até o final do ano, sendo que as ETEs dos setores Santa Bárbara e Santa Fé já estão em fase de finalização. Antes do lançamento, eles visitaram as obras do ETE do Santa Bárbara, previstas para ser concluída em novembro. 

A ação faz parte do Programa Palmas Cidade Azul, da Prefeitura de Palmas e do Programa de Investimentos da Foz/Saneatins, com investimentos da ordem de R$ 240 milhões, financiados pelo Programa Saneamento para Todos, do Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal. O programa destina-se a expansão e modernização dos serviços de distribuição de água tratada, coleta e tratamento de esgoto.

As três estações juntas terão capacidade de tratar 60 litros de esgoto por segundo. Paralelo à implantação das estações de tratamento, estão sendo executados 290 mil metros de redes coletoras que atenderão os bairros Taquari, Bela Vista, Sol Nascente, Setor Sul, Santa Fé, Vale do Sol, Setor Canaã, Morada do Sol, Maria Rosa, Jardim Aureny IV, Irmã Dulce, Vila Piauí e Taquaralto, onde se encontra umas das maiores concentrações de comércios de Palmas.

São investimentos que irão beneficiar mais de 100 mil pessoas com coleta e tratamento de esgoto da área mais carente e que apresenta a maior expansão populacional da cidade.

Para o prefeito Carlos Amastha, essa é uma importante conquista do executivo municipal que, através do Conselho Gestor de Saneamento, beneficia um grande número de pessoas. “A população atendida terá um salto na qualidade de vida, sobretudo na área da saúde, pois a cada um real gasto com saneamento, são economizados seis reais na saúde e que as crianças que moram em quadras que contam com estes serviços rendem 18% a mais na educação e isto coloca Palmas no limiar de uma cidade desenvolvida”, pontuou o prefeito.

Ele destacou ainda que este é o caminho para universalização, uma vez que Palmas já tem 52% de cobertura no sistema de tratamento de esgoto. “E após a conclusão destas obras chegaremos a 80%, portanto uma das primeiras capitais a ter a universalização do sistema de tratamento de esgoto, resolvendo assim um grande problema de nossa cidade, que é de grande importância para a nossa gestão”, disse ele, complementando que a intenção é chegar 100%.

Segundo ele, é satisfatório perceber que, em um curto espaço de tempo, as ETEs Santa Fé e Santa Bárbara se tornaram realidade. “O lançamento da ETE Taquari vem coroar o esforço conjunto da Prefeitura e da Foz|Saneatins, que vai tornar Palmas uma referência nacional na prestação de serviços de saneamento com qualidade e abrangência, beneficiando toda a população”, finalizou Amastha. (Secom Palmas)