Polí­tica

Foto: Cleuber de Souza

A senadora Kátia Abreu (PMDB), candidata à reeleição, foi recebida, na manhã desta quinta-feira, 18, em Paraíso do Tocantins, por 41 pastores que representam a Igreja Evangélica Assembleia de Deus de todos os municípios do Estado. No encontro, a Senadora apresentou como o Tocantins está se preparando para se transformar no grande centro logístico do país, através da integração das plataformas modais composta pela Ferrovia Norte e Sul, Hidrovia Tocantins, duplicação da BR-153 e recuperação da malha viária. O encontro foi conduzido pelo pastor Amarildo Martins.

Aos evangélicos, Kátia Abreu falou que conseguiu, junto à presidente Dilma, recursos para todas estas ações, inclusive incluir no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) as obras da Ferrovia Norte Sul e a instalação de um terminal de cargas no Aeroporto de Palmas, bem como a implantação de seis pátios multimodais.

Sobre a Hidrovia Tocantins, a senadora Kátia Abreu reafirmou que este transporte vai transformar a economia do Tocantins. “Já conseguimos os recursos para o seu início, que quando concluída vai reduzir a poluição, os acidentes e baratear o frete, deixando nossos produtos mais competitivos. Dentro desse projeto, o Ecoporto Praia Norte vai permitir a instalação de indústrias no Bico do Papagaio, desenvolvendo toda a região”, assegura a Senadora A Hidrovia Tocantins vai ter um percurso de 1,5 mil quilômetros e abranger 15 municípios.

A Senadora explicou que, com todos esses transportes funcionando, serão gerados milhares de empregos nas fazendas, indústrias, armazéns, pátios multimodais, postos de combustíveis entre outras empresas.

“A Hidrovia Tocantins vai colocar o Tocantins, definitivamente, no mapa dos grandes investimentos mundiais. Muitas empresas vão vir produzir aqui, pois vão ter como exportar seus produtos. Tudo isso gerando milhares de empregos”, reafirmou Kátia Abreu.

Sobre o Ecoporto de Praia Norte, a Senadora falou que no município vai funcionar um grande porto, e, em volta dele, muitas empresas de armazéns e transportes. “Aqui será o maior polo de geração de empregos do Bico do Papagaio”, reafirma.

“Meu compromisso é fazer do Tocantins o centro logístico do Brasil. O caminho mais curto entre quem produz e quem compra. Isso vai gerar emprego e renda. É disso que o Tocantins precisa e é isso que nossa gente quer”, destaca a Senadora.