Polí­tica

Foto: José Cruz/ABr

A Câmara dos Deputados contará na próxima legislatura com 4 deputados do Tocantins exercendo o mandato pela primeira vez. São eles Josi Nunes (PMDB), Carlos Gaguim (PMDB), Vicentinho Júnior (PSB) que é filho do senador Vicentinho Alves (SD) e Dulce Miranda (PMDB), esposa do governador eleito do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB). 

Dulce Miranda foi a deputada federal mais votada na eleição deste domingo, 5 de outubro, com 10,36% dos votos válidos. Em segundo lugar, Irajá Abreu (PSD) que é filho da senadora Kátia Abreu (PMDB) foi reeleito com 8,57 % dos votos.

A deputada Josi Nunes (PMDB) que era deputada estadual foi eleita deputada federal com 7,29 % dos votos, sendo a terceira mais bem votada no Estado. O quarto lugar ficou com Vicentinho Júnior (PSB) que concorreu pela primeira vez e foi eleito com 6,96 % dos votos válidos.

O deputado César Halum (PRB) se reelegeu com 6,29 %, em seguida, Carlos Gaguim que concorreu pela primeira vez, se elegeu com 6,10%, Lázaro Botelho (PP) se reelegeu pela terceira vez com 5,86 %, e por fim a Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM) conseguiu a reeleição com 5,70% dos votos válidos.

Ficaram de Fora

Deixaram a Câmara, Junior Coimbra (PMDB) que não conseguiu a reeleição, Angelo Agnolin (PDT) que concorreu ao cargo de vice-governador na chapa do governador derrotado Sandoval Cardoso (SD) que buscava a reeleição. Osvaldo Reis (PMDB) desistiu de buscar a reeleição. Reis, que ficou na suplência na eleição de 2010, cumpria mandato na vaga de Laurez Moreira (PSB) que foi eleito prefeito de Gurupi em 2012 e que por isto deixou a cadeira. O outro que deixou a Câmara foi Eduardo Gomes (SD), que foi derrotado neste domingo pela senadora Kátia Abreu na busca por uma vaga no Senado.