Estado

Foto: Divulgação

Teve início no início da tarde desta segunda-feira, 20, o III Encontro Brasileiro de Pesquisadores em Cooperativismo (EBPC), com o tema o “Cooperativismo como Modelo de Negócios: as cooperativas conquistam desenvolvimento sustentável para todos”. O evento ocorre na Universidade Federal do Tocantins (UFT), até quarta-feira, 22, e é realizado pelos Sistemas OCB e OCB/TO, promovido pela Rede Brasileira de Pesquisadores em Cooperativismo (RBPC), com o apoio da UFT.

Com cerca de 200 participantes, entre autores e debatedores, o III EBPC teve na programação desta segunda, cerca de 40 trabalhos acadêmicos apresentados, ligados aos cinco eixos definidos pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI), sendo eles: Identidade, Sustentabilidade, Quadro Legal, Capital e Participação.

Para o coordenador científico do encontro, Professor Dr. Airton Cardoso, a ideia do evento, que é bianual, é aproximar as pessoas que trabalham com o mesmo tema. “O Encontro é uma das ações da Rede de Pesquisadores em Cooperativismo, que é ligada à OCB e é um momento aonde os pesquisadores se encontram para debater sobre os temas do cooperativismo”, reforçou o coordenador.

Nesta segunda, às 19h, no auditório Cuica, será realizada a abertura oficial do evento com a palestra magna “Cooperativismo como Modelo de Negócios”, ministrada por Claude-André Guillotte, Diretor do Instituto de Pesquisa e Educação para as Cooperativas da Universidade de Sherbrooke (IRECUS) – Québec-Canadá.

Para a superintendente do sistema OCB/TO, Maria José Andrade, o evento é uma forma de aproximar a academia cientifica do mundo cooperativo. “É uma ótima forma das cooperativas do Tocantins terem acesso à Rede de Pesquisa em Cooperativismo e a trabalhos de cooperativismo de outros Estados”, sinalizou a superintendente.