Campo

Foto: Cleuber de Sousa

Devido ao clima, luminosidade, solos e logística favorável no Estado do Tocantins, a soja tem sido a cultura com o maior crescimento nos últimos anos. De acordo com o terceiro levantamento da safra 2014/15 realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os dados apresentam uma produtividade de 2.751 Kg por hectare na safra 13/14 e 2.821 Kg por hectare para a safra 14/15, um crescimento de 2,5%.

Segundo o engenheiro agrônomo da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro) Genebaldo Queiroz, a boa produtividade de grãos de soja também está relacionada ao plantio de sementes certificadas, com a garantia de que haverá uma boa germinação, avalizando um percentual de nascimento das plantas acima dos 90%. “A garantia de origem, procedência, vigor e pureza da semente certificada pode aumentar em até 30% a produtividade de soja em grãos. Além disso, é assegurada a variedade certa, critério exigido do produtor na negociação com o mercado de grãos”, explica o engenheiro. 

A variedade mais plantada no Tocantins, segundo Genebaldo, é a M9144 e tem apresentado bons resultados em todas as regiões do Estado. “Essa variedade tem mostrado ser o material mais adaptado às condições de clima e solo do Tocantins, principalmente em áreas novas”, afirma.

Produção no TO

Atualmente a produção de sementes de soja no Tocantins ocorre principalmente nas regiões de várzeas tropicais, nos municípios de Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Dueré e Pium. “Durante o período de estiagem são feitos os plantios nas várzeas em substituição ao arroz, a partir do mês de abril e então essas plantas se desenvolvem por sub irrigação”, informa Genebaldo.

A produção de sementes de soja no Tocantins supera o consumo por parte dos produtores. Na safra 13/14, foram produzidas 152 mil toneladas, enquanto a demanda por sementes de soja foi de 48 mil toneladas. O excedente é vendido para outros estados e a estimativa para próxima safra é manter a produção.

De acordo com o gerente comercial da empresa de sementes de soja, Uniggel Sements, Thiago Pinheiro de Lima, a empresa produziu nos municípios de Lagoa da Confusão e Campos Lindos aproximadamente 55 mil sacos de 40 kg de sementes na última safra. “O grupo Uniggel está sempre em crescimento, ampliando suas unidades de beneficiamento de sementes e também a capacidade de armazenamento e processamento das sementes”, informou, acrescentando que a produção tocantinense é comercializada para os estados do Mato Grosso, Pará, Maranhão, Piauí, Bahia, Goiás e para o próprio Tocantins.

Certificação

A certificação é feita pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), que faz um registro da propriedade produtora e do produtor por meio do Registro Nacional de Sementes e Mudas (Renasem). As áreas do Estado são vistoriadas pela Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) para que qualquer indício de doença possa ser controlado e impedido de seguir para outras lavouras. (Ascom Seagro)