Estado

Foto: Divulgação Gleidy Braga, secretária da Defesa Social Gleidy Braga, secretária da Defesa Social

Na segunda-feira, 18, às 14 horas, no Memorial Coluna Prestes, em Palmas, a Secretaria de Estado da Defesa e Proteção Social (Sedeps) realiza a Agenda Social Quilombola, evento que marcará o início das ações para implantar no Estado o Programa Brasil Quilombola. “O evento será de suma importância, uma vez que o Estado vai aderir ao programa”, destaca a titular da pasta, Gleidy Braga.

Para isso, será promovida durante o evento uma discussão técnica para a elaboração do Plano Estadual de Política de Promoção e Igualdade Racial. Na ocasião, serão apresentadas ainda as ações já realizadas pelo poder público nas comunidades tocantinenses nos quatro eixos de discussão defendidos pelo Programa Brasil Quilombola: Acesso à Terra; Infraestrutura e Qualidade de Vida; Inclusão Produtiva e Desenvolvimento Local e Direito e Cidadania.

Participam do evento, técnicos e gestores das secretarias estaduais da Educação, da Defesa e Proteção Social, da Assistência Social, do Meio Ambiente, da Saúde, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e sociedade civil organizada, entre outros. O coordenador do Grupo de Consciência Negra do Tocantins (Gruconto), Edson José Barbosa, estará à frente da exposição “O Papel do Movimento Negro ao Enfrentamento ao Racismo”.

Para a secretária Gleidy Braga, a prova de que o Governo do Estado está comprometido com a causa foi a criação, na última quinta-feira, 14, do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (CEPIR), vinculado à Sedeps.