Esporte

Foto: Divulgação Jogos serão disputados de 20 de outubro a 1º de novembro Jogos serão disputados de 20 de outubro a 1º de novembro

Um convite oficial ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, para participar dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, marcou o encerramento do Congresso Técnico preparatório para a competição, realizado na semana passada em Brasília. O evento será disputado de 20 de outubro a 1º de novembro, na cidade de Palmas/TO.

A carta assinada por lideranças indígenas nacionais e internacionais foi entregue à oficial de programas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Maria Tereza Amaral. “O novo desafio é trazer o secretário para o evento, desafio bem menor que montar toda a estrutura que os Jogos exigem”, afirmou a oficial do PNUD.

Os três dias de Congresso foram fundamentais para definir as diretrizes dos 13 dias de evento e orientar as lideranças que irão participar. Além de discutir as normas nas áreas esportiva, cultural, comercial, diplomática, de segurança, entre outras, os indígenas foram orientados pelos órgãos parceiros como proceder para entrar no país, no período dos jogos.

O representante do Ministério da Saúde foi enfático na necessidade de estar em dia com algumas vacinas, como a febre amarela. A Anvisa citou os critérios para entrar com medicamentos no país, a embaixadora do Ministério das Relações Exteriores, Vera Cíntia, disse que disponibilizará postos de atendimento nas embaixadas para concessão de vistos para pessoas de países que não têm acordo com o Brasil.

Feira de Artesanato Indígena

Uma parceria firmada entre o Comitê Intertribal e o Sebrae realizará a Feira internacional de Arte e Artesanato, cenário para negociações do artesanato indígena. “Vamos levar conhecimento por meio de soluções do Sebrae, na área de gestão da produção e comercial, e a preparação para que os povos participem das rodadas de negócio e das vendas diretas”, ressaltou.

A seleção dos grupos de artesãos que participarão da feira será definida pelo Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC). “Com a realização da feira, o Sebrae promoverá a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios fortalecendo a economia nacional”, afirmou Magvan Boelho, gerente do Núcleo Regional Centro, do Tocantins.  A feira contará com um espaço de 2.500 m², onde funcionarão 45 bancas, com área de convivência e loja de produtos oficiais dos Jogos.