Palmas

Foto: Divulgação

Os moradores da quadra 605 Norte preparam manifestação para cobrar o funcionamento do consultório odontológico na Unidade de Saúde da Família da 503 Norte da capital Palmas. A unidade foi inaugurada em 2013 pela Prefeitura de Palmas, porém, segundo alegam os moradores, o local onde deveria funcionar o atendimento odontológico não funciona.

“O Consultório odontológico deveria estar aberto desde 2013 quando foi inaugurado junto com o posto e até agora não funcionou. A sala está servindo de local para a vacinação”, informou o presidente da Associação dos Moradores da 605 Norte, Erenal Barbosa.

O presidente mostrou alguns ofícios nos quais pede a ativação do local para atender a comunidade.  “É muito tempo para estar instalado e não funcionando. A prefeitura tem um orçamento de mais de R$ 1 bi e não ter condições de manter. A prefeitura tem que primeiro atender a comunidade para depois buscar o convênio. Vamos fazer a manifestação e convocar a comunidade para buscar nossos direitos”, reclamou.

Em resposta ao ofício o secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Alves Teixeira afirmou que já existe na unidade uma equipe habilitada em saúde bucal na qual o odontólogo cumpre carga horária de 40 horas semanais. “Esclarecemos ainda que uma nova equipe está sendo providenciada sendo que o consultório já está em fase de instalação de equipamentos”, disse. Outra informação do secretário é que a secretaria firmou convênio com a Secretaria Estadual de Saúde para a cessão de odontólogos para a rede municipal.

Agentes de saúde

Outro pedido da comunidade é com relação á disponibilização de mais um agente de saúde para atender a quadra. A equipe atual, segundo o presidente, seria insuficiente. Em resposta a tal solicitação o secretário informou:  “Em resposta ao ofício mencionado em epígrafe, informamos que o processo de nomeação de Agentes comunitários de saúde, para atuação em todo o município inclusive na quadra 605 Norte, se encontra em andamento”, frisou.